segunda-feira, 26 de julho de 2010

Doula: uma profissional de extrema importância no parto

O que é?

A palavra Doula é de origem grega e significa “mulher que serve”. Atualmente essa expressão serve para designar as acompanhantes de parto que oferecem suporte afetivo, físico, emocional e de conhecimento para as mulheres. Esse suporte pode ser dado antes, durante e depois do parto.
Sua atuação está relacionada ao uso de métodos não farmacológicos como massagens, fitoterapia, cromoterapia, aromaterapia, musicoterapia etc.

Benefícios:

Os benefícios da atuação das doulas incluem o conforto e bem estar do casal, redução das intervenções e complicações obstétricas, bem como o fortalecimento do vínculo entre mãe e bebê no pós-parto.
Pesquisas indicam que:
•Redução de 50% nos índices de cesariana;
•Redução de 25% na duração do trabalho de parto;
•Redução de 60% nos pedidos de analgesia peridural;
•Redução de 30% no uso de analgesia peridural;
•Redução de 40% no uso de ocitocina;
•Redução de 40% no uso de fórceps;
•Aumento no sucesso da amamentação;
•Interação satisfatória entre mãe e bebê;
•Satisfação com a experiência do parto;
•Redução da incidência de depressão pós-parto;
•Diminuição nos estados de ansiedade e baixa auto-estima.

Competências:

É de vital importância que uma Doula tenha uma ampla sensibilidade, conhecimentos humanísticos, e principalmente sobre a anatomia e fisiologia da gestação, parto e lactação.
Sendo assim, ela é capaz de proporcionar apoio emocional por meio da presença contínua ao lado da parturiente, promovendo encorajamento, tranqüilidade, carinho, e a manutenção do ambiente. Conforto físico, através de massagens, relaxamentos, técnicas de respiração, banhos e sugestão de posições e movimentações que auxiliem o progresso do trabalho de parto e diminuição da dor e desconforto. E informação explicando o que está acontecendo com o corpo da parturiente, termos médicos e procedimentos hospitalares.
Durante o pré-natal ela orienta o casal sobre a gestação, parto e pós-parto, explica os procedimentos comuns, esclarece os direitos do casal e ajuda a mulher a se preparar física e emocionalmente para o parto, das mais variadas formas. No pós-parto auxilia a mãe em relação a amamentação e os cuidados com o bebê.
A doula se faz importante até mesmo em uma cesárea, onde continua dando apoio, conforto e ajudando a mulher a relaxar e tranqüilizar-se durante a cirurgia.
A doula não faz qualquer procedimento médico, não realiza exames, não cuida da saúde do recém-nascido, de modo que não substitui qualquer dos profissionais envolvidos na assistência ao parto.

Fonte: www.amigasdonascer.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Newsletters

Facebook

Twitter

Instagram