segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

A magia do toque...

... uma declaração diária de amor ao seu bebê!

Muito mais do que uma técnica de massagem infantil, Shantala é uma forma de se transmitir amor através do toque sutil das mãos. O toque é o primeiro tipo de comunicação do bebê e através dele, o bebê se sentirá amado e protegido.


O bebê é um espelho e devolverá a sua imagem, seja de liberdade ou de tensões.


O toque traz a lembrança intra-útero, o tato esse órgão do sentido começa a se desenvolver na 6ª semana gestacional e é muito vivenciado pelo bebê, pois é tocado pelas estruturas do útero da mãe e nas carícias que a mãe faz e recebe na barriga. Ao ser tocado após o nascimento, o bebê se lembra daquela sensação de segurança e sente-se protegido.




O órgão do tato significa ter contato. E esse contato através da Shantala é importante para formação da imagem corporal do bebê, pois através dos movimentos da massagem ele descobrirá o seu tamanho, força, flexibilidade, e o seu próprio corpo (pernas, mãos, pés) e o espaço que o seu corpo ocupa.

Através do toque proporcionado na massagem o bebê passará a conhecer melhor o seu corpo e explorará mais o ambiente. Os pais também aprenderam a conhecer e reconhecer as expressões corporais do bebê promovendo um canal a mais de comunicação.

Shantala vem a ser extremamente importante, por ser um momento único entre quem massageia e o bebê que recebe. Nesse momento a mãe ou pai se coloca inteiramente em atenção para o bebê, tocando-o, conversando com a sua pele. O toque vai aonde as palavras não alcançam.





Shantala é realizada com o bebê desnudo, sobre as pernas estendidas da mãe, num local tranqüilo e aquecido. Pode-se usar óleo para facilitar o deslizamento das mãos.



A massagem dura de 15 a 30 minutos, dependendo da idade do bebê e aceitação ao toque. A partir de 1 mês de vida os bebês já podem receber Shantala, respeitando-se apenas a cicatrização umbilical e a sensibilidade da pele do bebê. Pode-se iniciar Shantala em qualquer faixa etária e deverá ser realizada até que ambos queiram.

A massagem consiste em movimentos lentos, suaves compressões e alongamentos passivos por todo o corpo do bebê, tais como: peito, braços, mãos, barriga, pernas, pés, costas e rosto.
Fonte: http://www.cursoshantala.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Newsletters

Facebook

Twitter

Instagram