segunda-feira, 5 de agosto de 2013

Semana mundial de Aleitamento Materno 2013


Há muitas recomendações a fazer à (futura) mamãe quando o assunto é cuidado com o bebê, mas, talvez, a amamentação seja a mais especial de todas, já que esse é um momento que requer intensa nutrição física e emocional.

Amamentar é uma prática fisiológica e que, teoricamente, não precisa ser ensinada, mas, em alguns casos, são necessários ajustes e até correções da prática que se inicia. Vale lembrar que NÃO EXISTE LEITE FRACO ou MÃE QUE NÃO PRODUZ LEITE SUFICIENTE. O que pode acontecer é uma dificuldade ou outra até que a amamentação entre no ritmo. O importante é ter em mente que esse leite é o alimento mais indicado e completo para o bebê e só deverá ser substituído em casos especiais.
O leite materno é o alimento perfeito para o recém nascido desde o seu nascimento até o sexto mês de vida, sem necessidade de complementação alguma, seja por meio de água, chá ou suquinho. Até o sexto mês de vida, o bebê só precisará de peito, colo e carinho. 
É o leite materno quem garantirá a oferta de nutrientes e anticorpos responsáveis pelo fortalecimento do sistema imunológico do bebê em concentrações ideais e está adaptado à imaturidade do seu sistema digestivo. Só o leite materno é capaz de oferecer o que bebê precisa. As indústrias alimentícias evoluíram muito nesse sentido, mas NENHUMA fórmula infantil, até o momento, é capaz de substituir perfeitamente o leite da mãe.
A partir do segundo semestre de vida da criança o leite materno continua sendo importante, mas devem ser introduzidos progressivamente novos alimentos, afinal inicia-se uma fase de necessidade de aumento do aporte de nutrientes.

A alimentação ao seio fortalece o vínculo entre mãe e filho, fornece todos os nutrientes em quantidades ideais para o bebê e garante a oferta de agentes naturais para a proteção contra doenças e infecções nos primeiros meses. 

Espalhe essa idéia.
O mundo só tem a ganhar com uma geração mais saudável desde o berço!!

Um abraço,
Débora Rosa.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Newsletters

Facebook

Twitter

Instagram