sábado, 24 de maio de 2014

Brigadeiro de tâmara e batata doce

Hoje resolvi fazer uns testes na cozinha. Não canso de me inspirar com tantos facebooks e  instragrams de nutris, chefs, restaurantes e escolas de culinária ao redor do mundo e, agora mais do que nunca, já que NOVOS E GRANDES PROJETOS estão por vir, toda vez que sobra tempo eu corro para a cozinha para fazer algum teste ou aprimorar alguma técnica recentemente aprendida no meu curso de culinária em Sydney (#cozinhadanutri - guarde esse hashtag ;)

Hoje resolvi testar uma receita que vi recentemente com uma série de ingredientes naturais e fui buscar a minha própria combinação. A intenção não é fazer uma versão detox, light, low carb, diet, nem nada disso, mas descobrir um docinho caseiro feito a base de ingredientes naturais, sem glúten e que pudesse substituir o brigadeiro verdadeiro.

Quem não gosta de brigadeiro? Como não gostar de brigadeiro?? Mas, como não dá pra comer sempre porque é sim pouco saudável, super calórico e viciante, aqui em casa temos uma regra: brigadeiro só nos nossos aniversários e vez ou outra em um aniversário que a gente vá. Enquanto essas datas não chegam, a gente vai explorando as possibilidades que a natureza nos oferece e não é que fica uma delícia?
A massa é cremosa, densa e com um gosto forte de chocolate amargo contrastando com o crocante das coberturas: pistache, castanha de caju ou granulado (sim, granulado de verdade, sem glúten).

Confira a receita:

2 fatias de batata doce cozidas
8 tâmaras israelenses sem o caroço
2 a 3 colheres de café de cacau em pó natural
3 a 4 colheres de sopa de leite semi desnatado
1 colher de café de açúcar mascavo

Coberturas: pistache moíde, castanha de caju e chocolate granulado

Preparo:
Bater todos os ingredientes em um processador até obter uma massa cremosa e homogênea.
Passe uma pequena quantidade de óleo ou manteiga nas mãos e enrole pequenas porções da massa em pequenas bolinhas. Eu cobri com pistache, castanha de caju e chocolate granulado.

Recomendo, muito!!!! Fica uma delícia :)

Os meus viraram presentinhos... Vou levar para uns amigos hoje para saber o que acharam dessa versão menos industrializada. Mais tarde posto os comentários deles no facebook. Estou torcendo para serem positivos... ;)


Até a próxima.
Um abraço,
Débora Rosa.




Um comentário:

Newsletters

Facebook

Twitter

Instagram